História

Conheça um pouco da trajetória da VOZ do Butantã.


Em 31 de março 2011, a entidade jurídica Associação Cidadã venceu a concorrência pela rádio comunitária do bairro – a Rádio Cidadã FM, sendo a única emissora comunitária oficial do Butantã e região. A Rádio Cidadã FM, pioneira no movimento de “rádio comunitária” no Brasil, iniciou seus trabalhos em 7 de julho de 1995, em caráter clandestino sim, porém, nunca omissa em dizer onde estava localizada, quem eram seus comunicadores e profissionais e sempre com seu ímpeto comunitário.

A Rádio Cidadã FM, operando no dial em 98,1, mesmo clandestina, chamou a atenção da grande mídia paulistana, começando por uma simples matéria do jornal O Estado de São Paulo no Caderno Seu Bairro, que decidiu que a rádio merecia mais atenção e fez da nossa emissora pauta de capa e página central deste mesmo caderno.

Com a "descoberta" da Radio Cidadã FM pelo jornal O Estado de São Paulo, a Rede Globo de Televisão também se interessou pelo assunto e fez várias matérias sobre a nossa rádio em quase todos os seus programas jornalísticos, somando mais de 15 minutos de reportagens no ar. Citamos os seguintes tele-jornais que exibiram matérias sobre a Rádio Cidadã FM e seu Programa Cala Boca Já Morreu: Bom Dia São Paulo, Bom Dia Brasil, Jornal Nacional e programa dominical de maior audiência da TV Globo, o Fantástico.

FALANDO PARA O MUNDO

Aproveitando a visita ao Brasil da emissora japonesa NHK naquele período, a Radio Cidadã FM foi motivo de reportagem exclusiva daquela emissora, fato que nos abriu portas significativas para que o Programa Cala Boca Já Morreu tivesse reconhecimento internacional, com a indicação e recebimento do prêmio da UNICEF de Iniciativa Comunitária – o Rádio Escola e, ainda tivesse a apresentadora do programa – a jovem Isis, sendo convidada a visitar diversos países a convite da própria UNICEF.

PARCERIA DE SUCESSO

A Rádio Cidadã FM, com sua ampla cobertura dos assuntos relevantes do bairro do Butantã e região, foi parceira da Rádio Jovem Pan AM, como agência de notícias, devido à grande cobertura das enchentes que aconteceram no bairro do Rio Pequeno nos verões dos anos de 1996 e 1997.

FAZENDO PROFISSIONAIS

Vários dos nossos profissionais que iniciaram as suas carreiras na Rádio Cidadã FM, conseguiram destaque em outros meios de comunicação oficiais. Podemos citar o jornalista VITOR BIRNER, que trabalhou como âncora esportivo no programa Cidadã Esportes e que hoje é um jornalista esportivo dos mais respeitados, sendo um dos principais jornalistas esportivo da Rádio CBN e do programa Cartão Verde da TV Cultura.

Cultura, Esporte, Lazer, Trabalho Comunitário, Prestação de Serviço, foram marcantes à emissora, mas a Rádio Cidadã FM também foi entretenimento. Um dos grandes talentos da nossa MPB – o compositor e cantor CHICO CESAR, foi lançado pela nossa Rádio Cidadã FM no Programa Rádio Revista. Outro ícone da MPB e natural do nosso bairro – o percussionista, compositor e cantor DINHO NASCIMENTO também deu seus primeiros acordes de seu Berimbau-Blues na Rádio Cidadã FM e daí para o mundo, como Vitor Birner, Chico Cesar e muitos outros que por lá passaram.

ESTAMOS DE VOLTA!!!
A RÁDIO CIDADÃ FM VOLTOU E AGORA PRA FICAR!

Agora, é o momento de RETOMAR E SEGUIR EM FRENTE com toda a nossa história e novamente transformar o bairro do Butantã e região no "Melhor Lugar" para se viver em São Paulo. Para isso acontecer de verdade, só faltava VOCÊ !

Então...”Sou cidadão! Sou Cidadã FM”!