Fundação das Artes comemora 50 anos com programação gratuita

Postado por Mariana Manetta em 18/abr/2018


 

Foto: divulgação

 

Instituição celebra cinquentenário com sete dias de festa e participação de alunos, ex-alunos, professores e artistas consagrados

Um dos patrimônios culturais do estado de São Paulo, e referência em formação artística e cultural, completa cinquenta anos no mês de abril. Em comemoração a entidade postou em seu site oficial uma programação artística-pedagógica intitulada Semana de Celebração dos Cinquenta Anos da Fundação das Artes, que vai de 23 a 29 de abril de 2018.

A Instituição tem entre seus ex alunos nomes como Cássia Kiss, Marcos Frota, Fábio Assunção, Antônio Petrin, Ulisses Cruz, Amílton Godoy, Nelson Aires, Daniel Melim, Eugênio Kusnet, Roberto Sion, entre outros.

Da Escola de Música surgiram nomes que se destacaram em festivais, concursos e integram orquestra no Brasil e no exterior como –  Nômade Orquestra (Big Band que mistura jazz, funk, rock, reggae, blues e música do mundo, atualmente em turnê pela Europa), Adenílson Telles, ex-aluno que atuou na Orquestra Filarmônica de Berlim e Dorotheia Gruber Chinaglia, que foi aluna de Marília Pini (ex-professora da Fundação das Artes que atuou como violinista nas principais orquestras de São Paulo) e que hoje, além de reger a Camerata de Cordas da instituição, também é integrante da Orquestra Sinfônica de Santo André (OSSA).

Inclusão 

Como uma forma de beneficiar mais alunos, no final de 2017 a FASCS anunciou a redução dos valores de todas as mensalidades para o ano seguinte. Isso possibilitou que um maior número de pessoas tivesse acesso aos vários cursos oferecidos pela Instituição como artes visuais, música, dança e teatro.  O objetivo das ações é promover encontros entre gerações e com a comunidade além de valorizar a história da Fundação que se mistura com a memória da cidade de São Caetano do Sul.

Confira  a Programação:

SEMANA DE CELEBRAÇÃO DOS 50 ANOS DA FUNDAÇÃO DAS ARTES de 23 a 29 

Dia 23 de abril de 2018 – segunda-feira às 18h às 20h00

Rodrigo Braga (piano), André Soratti (baixo), Edson Silva (bateria) integram o projeto, Som na Calçada

Som na Calçada Especial – Projeto que há cinco anos ocupa a calçada da Fundação das Artes com repertório instrumental de jazz e bossa nova. Com Rodrigo Braga (piano), André Soratti (baixo), Edson Silva (bateria). Entrada da Fundação das Artes

Abertura da exposição “Os primeiros 50 anos – Arte Postal” acervo de obras desta modalidade, com trabalhos produzidos por alunos, ex-alunos e artistas convidados da Escola de Artes Visuais. Saguão da Fundação das Artes.

Endereço: Rua Visconde de Inhaúma, 730, bairro Nova Gerty, São Caetano do Sul/SP

Entrada Gratuita – Classificação Livre

 

Dia 24 de abril de 2018 – terça-feira às 19h30

Aula aberta de desenho com alunos de Artes Visuais e performance do Grupo Institucional de Dança da Fundação das Artes. Saguão da Fundação das Artes

Endereço: Rua Visconde de Inhaúma, 730, bairro Nova Gerty, São Caetano do Sul/SP

Entrada Gratuita – Classificação Livre

 

Dia 25 de abril de 2018 – quarta-feira às 19h30

Concerto de 50 anos da Fundação das Artes na Sala São Paulo com: Orquestra Jovem, Big Band Salada Mista, Cameratas de Cordas (crianças e jovens), Grupo de Percussão e Coro de Repertório da Fundação das Artes, com músicos convidados da OSESP – Orquestra Sinfônica de São Paulo e participação especial do cantor João Bosco. Maestros: Geraldo Olivieri e Ogair Junior.

Abertura com Grupo Institucional de Dança da Fundação das Artes e Cena “Memórias” com ator formado pela Escola de Teatro. O evento é uma realização da Fundação das Artes em parceria com a Prefeitura Municipal, Secretaria de Cultura de São Caetano do Sul, SESC-SP, Secretaria de Cultura do Estado e Fundação OSESP.

Local: Sala São Paulo. Praça Julio Prestes, 16. Campos Elísios, São Paulo – Capacidade –1000 lugares

Classificação Livre

Ingressos Gratuitos – Os ingressos para alunos da Fundação das Artes podem ser retirados de 17/04 a 20/04 na Secretaria (2 ingressos por alunos).

Serão disponibilizados ônibus gratuitos para alunos: saída às 18h da Fundação das Artes, com retorno às 24h. Solicitar reserva a partir de 17/04 na Secretaria, mediante capacidade de lugares. (Pais ou responsáveis podem acompanhar os alunos menores de idade no ônibus).

Atenção

Os ingressos para o público em geral serão distribuídos no dia 23 de abril às 18h na Bilheteria da Fundação das Artes (2 ingressos por pessoa sujeito à capacidade da Sala de Concertos)

 

Dia 26 de abril de 2018 – quinta – feira de 19h30 até 21h00.

Exposição “Os primeiros 50 anos”

Recorte da produção artística que permeou a Escola de Artes Visuais da Fundação das Artes desde sua criação em 1968. Obras dos ex-alunos Daniel Melim, Bruno Andrade, Elton Hipólito, Bruno Novaes, entre outros. Trabalhos dos orientadores atuais da escola – Anete Lopes Nascimento, Edevania de Souza Rego, Liliane Pires dos Santos, Martin Braga de Siqueira. Obras das edições dos Salões de Arte Contemporânea, realizados na cidade entre as décadas de 1960 e 1980.

Abertura com a Performance Digital dos alunos do curso Mediotec Dança. Direção: Flavia Borsani Parceria: Fundação Pró-Memória. Curadoria: Valdo Rechelo.

Local: Pinacoteca de São Caetano – Av. Dr. Augusto de Toledo, 255 – Santa Paula, São Caetano do Sul

Visitação até 13 de julho, de segunda a sexta, das 9h às 17h, sábados, das 9h às 13h.

 

Dia 27 de abril de 2018 – sexta-feira às 17h

Espetáculo “Ser, ou não sei. Hamelete, a estória recontada”

Uma das maiores obras da literatura mundial agora é revisitada em linguagem popular para teatro de rua. Saímos da Dinamarca e vamos para Garanhuns, Pernambuco. Rir é a melhor forma de aliviar a dor. Uma sátira à trágica condição do destino humano. Núcleo de Teatro de Rua. Orientação: Pedro Alcântara

Local: Calçada Fundação das Artes – Endereço: Rua Visconde de Inhaúma, 730, bairro Nova Gerty, São Caetano do Sul/SP –

Entrada Gratuita – Classificação Livre

 

Dia 28 e 29 de abril de 2018 – sábado às 20h e domingo às 18h

Espetáculo teatral “Ontem será solidão”

Por meio de histórias repletas de realismo mágico, no palco, o elenco vive as mudanças de gerações da família Buendía e dos demais moradores de Macondo. Da criação do povoado por José Arcardio Buendía e Úrsula Iguarán à morte da matriarca, o texto fala sobre os conflitos humanos. Duração: 150 minutos.

Local: Teatro Timochenco Wehbi. Rua Visconde de Inhaúma, 730, Nova Gerty, SCS.

Entrada: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia-entrada e promocional). Classificação: 12 anos.

Sessão gratuita no dia 28 de abril, ingressos distribuídos 1h antes do espetáculo.

Mais informações em: www.fascs.com.br ou www.facebook.com/fascs

Colaboração – Luciana Gandelini

Nossa Agenda