Dicas Culturais grátis para esta segunda feira dia 27/05/2019

Postado por Penha Silva em 27/maio/2019


Cinema do Mundo Árabe
16h – Os Últimos Dias da Cidade
Khalid, um cineasta egípcio, busca um apartamento para morar no centro de Cairo enquanto enfrenta uma perda em sua vida. Junto com seus amigos, que lhe enviam filmagens de suas vidas em Beirute, Bagdá e Berlim, ele luta para fazer um filme que consiga capturar a alma de sua cidade em um momento político conturbado.

Ficha técnica
aker ayam el medina
Egito, 2016, 118’
direção: Tamar El Said

19h – Omar
Após ser capturado e preso pela inteligência israelense pela morte um soldado em um ponto de inspeção, Omar, integrante da resistência palestina, é forçado a atuar como informante.

Ficha técnica
Omar
Palestina, 2013, 96’
direção: Hany Abu-Assad

**************************

Estremecer Auroras – SESC Consolação (Centro)
Livre.
Com uma grande instalação que envolve som, vídeo animação, pintura, escultura, além de outras manifestações artísticas, o Sesc recebe o jovem artista contemporâneo, Augustin Rebetez, natural da Suíça. Com curadoria de Adelina von Fürstenberg, uma das principais curadoras da atualidade, ganhadora do Leão de Ouro na 56ª Bienal de Veneza (2015), a exposição será inaugurada dia 11 de abril, às 20h, e permanecerá até 27 de julho na unidade do Sesc Consolação, com entrada franca.
Considerado um alquimista, pois constrói um cenário mágico em suas exposições, Augustin vem a São Paulo, a convite do Sesc, com apoio do Pro Helvetia e projeto do ART for the World, para montar um site especific (obra elaborada especialmente para o local) no amplo Espaço de Convivência da unidade. Será uma grande instalação com seu universo que é carregado de personagens, quimeras e animais bizarros.
Para construir sua mostra, o artista se inspirou na cidade, que considera um museu a céu aberto, e em suas intervenções com pichações e murais espalhados, para construir sua mostra e ficou maravilhado com a energia gerada pelos diversos públicos que observou visitando as unidades do Sesc.
Pouco conhecido no Brasil, Augustin Rebetez (1986) é um artista premiado. Já realizou diversas exposições pelo mundo, onde provoca o público com suas criações povoadas de personagens e máquinas peculiares que refletem sua imaginação exuberante. Rebetez constrói um corpo de trabalho multifacetado que desafia a categorização.
O visitante encontrará diversas facetas deste artista alquímico, que tenta provocar o público através de suas criações. Como diz a curadora em texto de apresentação: “Suas criações fazem parte de um mundo fantástico e maravilhoso que oscila entre o sonho e o pesadelo, entre a leveza e a profundidade… Rebetez brinca com movimentos e sons, além de transformar a realidade banal em ficção poética”, conta Adelina.
Para Rebetez, a exposição que traz agora para o Sesc Consolação é um trabalho envolvente, que agrega tudo o que ele encontrará à sua volta. “Esta exposição é um convite à criação, à mistura de ideias, à combinação de sonhos. Meu trabalho começa nos lixões e acaba nos museus. Tento contaminar e transmitir minha cólera e meu engajamento, mas também pretendo entremeá-los delicadamente com vislumbres de esperança. Misturar, estremecer, perturbar e eviscerar a aurora. É um apelo à ação por meio da arte. Creio que é preciso escrever manifestos, pôr ideias em prática, trabalhar, expor, colaborar, fazer rir e provocar medo, incitar o desejo, o desejo pelo underground, contrapor-se à publicidade. Quero dar a meus amigos e ao público algo mais para beber”, conclui o artista.

Data: até 27 de Julho; Segunda a Sexta, das 10h às 21h; e Sábados e feriados, das 10h30 às 18h30.
SESC Consolação
Rua Doutor Vila Nova, 245 (Consolação)

****************************
Vaivém – Centro Cultural Banco do Brasil (Centro)

Com mais de 300 obras dos séculos 16 ao 21, e a participação de 141 artistas, entre eles, 32 indígenas, a exposição Vaivém apresenta as redes de dormir nas artes e na cultura visual no Brasil. A mostra tem curadoria de Raphael Fonseca, crítico, historiador da arte. Com pinturas, esculturas, instalações, fotografias, vídeos, documentos, intervenções e performances, além de objetos de cultura visual, como HQs e selos, ela ocupa todos os espaços expositivos do CCBB São Paulo, do subsolo ao quarto andar, e está estruturada em seis núcleos temáticos.

Data: até 29 de Julho; Segunda a Domingo (exceto às terças), das 9h às 21h.
Preço: Grátis
Centro Cultural Banco do Brasil (125 lugares)
Rua Álvares Penteado, 112 (Centro)

**************
Dr Palhaço e o Fluxo – Teatro de Contêiner da Cia. Mungunzá (Centro)
50 minutos, 18 anos.
O espetáculo é o resultado do trabalho que o palhaço e psiquiatra Flávio Falcone desenvolve na região da Cracolândia desde 2012, fazendo encaminhamento dos dependentes químicos e, principalmente, criando relações com aqueles que foram esquecidos por todos. Ainda cursando a faculdade de medicina da Universidade de São Paulo, Falcone sentiu que sua missão era trabalhar com saúde mental dos desvalidos: dependentes químicos, pessoas em situação de rua, os invisíveis sociais.
Elenco/Direção: Direção Diogo Granato. Com: Flávio Falcone, Flavio Falcone, o Palhaço da Cracolândia, Leandro Cabral (pianista), MC Meia Noite, MC Kawex, MC King e Jailson de Oliveira.
Data: até 29 de Maio; Segundas, Terças e Quartas, às 20h.
Teatro de Contêiner da Cia. Mungunzá (99 lugares)
Rua dos Gusmões, 43 (Luz)

Nossa Agenda