Dicas Culturais grátis para esta terça feira dia 28/05/2019

Postado por Penha Silva em 28/maio/2019


Cinema do Mundo Árabe

16h – Os SIlêncios do Palácio

Filha de empregada e pai desconhecido, Alia deixa o marido quando recebe a notícia da morte do príncipe do palácio onde viveu sua infância e adolescência. Quando ela retorna ao local, passa a relembrar todas as formas de violência que ali vivenciou, além de reconstruir sua relação proibida com Sarra, filha do príncipe.

Ficha técnica
samt el qusur
Tunísia, 1994, 127’
direção: Moufida Tlatli

19h – Amores, roubos e outras complicações

Mousa entra em uma enrascada ao perceber que roubou o carro errado. O que ele pensou ser uma forma fácil de ganhar dinheiro se transforma num grande problema quando descobre um soldado israelense sequestrado no porta-malas. A sua esperança se dissipa quando se encontra fugindo das milícias locais e da inteligência israelense.

Ficha técnica
al-hob wa al-sariqa wa mashakel ukhra
Palestina, 2015, 90’
direção: Muayad Alayan

Cinusp
Rua do Anfteatro, 181. Colméia Favo 04. Cidade Universitária
***********

Visões da Arte no Acervo do MAC USP 1900 – 2000
Visões da Arte no Acervo do MAC USP 1900 – 2000
Livre.

Sinopse: A mostra é composta por mais de 160 obras, consideradas as mais expressivas do riquíssimo acervo que o Museu de Arte Contemporânea abriga. Assim, a presente exposição ocupa o 7º andar com peças da primeira metade do século XX e o 6º andar com obras da segunda metade do século XX. Desta maneira o visitante tem a oportunidade de percorrer os últimos cento e poucos anos da história da arte de acordo com a curadoria das docentes Ana Magalhães, Helouise Costa e Carmen Aranha (todas curadoras do MAC USP). Esta exposição coletiva apresenta as obras em conjuntos definidos pelas principais escolas e movimentos artísticos deste período, dando destaque às suas crises e rupturas.

Local: MAC USP Ibirapuera (Sul)

Data: Terça a Domingo, das 10h às 21h. (Sem previsão de finalização)

MAC USP Ibirapuera
Avenida Pedro Álvares Cabral, 1301 (Parque Ibirapuera)

**************************
Baile de Máscaras
Baile de Máscaras
Sinopse: Foi reunida uma seleção das máscaras produzidas para os três Bailes de Máscaras do MAM, realizados entre 2000 e 2002 por iniciativa do Núcleo Contemporâneo, em benefício do museu. Os artistas convidados a criá-las colaboraram com o MAM ao conceberem adereços que transformavam os mascarados em obras de arte vivas.
A promoção da arte moderna em São Paulo por meio de festas à fantasia começou na década de 1930. Em 32, fundou-se a Sociedade Pró-Arte Moderna, ou SPAM, que promoveu bailes de carnaval nos dois anos seguintes. Para tal, colaboraram artistas como Anita Malfatti, John Graz, Lasar Segall e Rossi Osir.
Aproveitamos o período em torno do carnaval deste ano para continuar a celebração dos setenta anos do MAM recordando que a manutenção da arte experimental também pode ser feita com festejos criativos e extravasamento de fantasias.

Local: MAM (Museu de Arte Moderna de São Paulo) (Sul)

Elenco/Direção: Curadoria: Felipe Chaimovich.

Data: até 28 de Julho; Terça a Domingo, das 10h às 17h30 (com permanência até as 18h).

Preço: Grátis

MAM (Museu de Arte Moderna de São Paulo)
Avenida Pedro Álvares Cabral, s/nº – Portão 3 (Dentro do Parque do Ibirapuera) (Ibirapuera)
**********************

Marc Ferrez: Território e Imagem
Crédito: Marc Ferrez (Coleção Gilberto Ferrez/ Acervo IMS)

Marc Ferrez: Território e Imagem
Sinopse: A exposição Marc Ferrez: Território e Imagem apresenta a extensa obra do fotógrafo realizada por todo o país ao longo de mais de 50 anos de sua atuação profissional, entre 1867 e 1923. Marc Ferrez (1843–1923) percorreu as regiões Nordeste, Norte e Sudeste como fotógrafo oficial da Comissão Geológica do Império do Brasil (1875-1878), e as regiões Sul e Sudeste como fotógrafo das principais ferrovias em construção e modernização naquele momento. Nascido e radicado no Rio de Janeiro, Ferrez documentou também intensivamente a capital do Império e seu entorno. Sua atividade profissional e criativa foi marcada pela busca permanente por inovações tecnológicas e de linguagem, em associação com grandes nomes da engenharia, da ciência e das artes.
A mostra, com mais de 300 itens do acervo do IMS e de outras instituições, incluindo fotografias e álbuns originais, negativos de vidro, estereoscópicas, autocromos, câmeras e equipamentos fotográficos, documentos originais e correspondências, discute o papel da imagem fotográfica no processo de exploração do território nacional, em suas diversas regiões, e de sua construção e consolidação como ideia de nação, em especial durante o Segundo Império e início da República. E percorre, ao mesmo tempo, os diversos territórios da imagem explorados por Ferrez em sua prática profissional, da fotografia em colódio à fotografia colorida, ao cinema, à página impressa, e à comunicação visual de massa.

Local: IMS Paulista (Paulista)

Elenco/Direção: Curadoria: Sergio Burgi, Mariana Newlands (assistente) e Ileana Pradilla Ceron (pesquisa).

Data: até 21 de Julho; Terças a Domingos, e feriados, das 10h às 20h. Às Quintas, exceto feriados, das 10h às 22h.

Preço: Grátis

IMS Paulista
Avenida Paulista, 2424 (Bela Vista)

Telefone: (11) 3371-4455

*********************
Ser Diretor
Livre.
A mostra fotográfica Ser Diretor, de Eder Chiodetto, retrata o cotidiano dos diretores (gestores de escolas) de diversas escolas públicas Brasil afora. Com cenografia inspirada no jogo de luz e sombras formados pelos cobogós – tijolos vazados comuns na arquitetura de escolas públicas -, a exposição ocupa o Foyer Térreo até 23 de junho. A exposição é realizada pelo Instituto Unibanco, com apoio do MIS.
Ser Diretor é composta por cerca de 40 fotografias em preto e branco, realizadas pelo fotógrafo, jornalista e curador Eder Chiodetto. As imagens foram feitas em 30 escolas públicas, em seis estados brasileiros – Pará, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí, Goiás e Espírito Santo.

Local: MIS – Museu da Imagem e do Som (Oeste)

Data: até 23 de Junho; Terça a Sábado, das 10h às 22h; Domingos e feriados, das 9h às 20h.

Preço: Grátis

MIS – Museu da Imagem e do Som (174 lugares)
Avenida Europa, 158 (Jardins)
********************
Reflexões
70 minutos, Livre.

Sinopse: Nenhum lugar é melhor do que a Arte para um encontro entre mãe e filha. A pianista Sonia Rubinsky (ganhadora do Grammy) transforma em música os pensamentos e sentimentos de sua mãe Zilda Rubinsky.

Local: Teatro Sérgio Cardoso – Sala Paschoal Carlos Magno (Paulista)

Data: Dia 28 de Maio (terça). Às 20h. Preço: Grátis

Teatro Sérgio Cardoso – Sala Paschoal Carlos Magno (144 lugares)
Rua Rui Barbosa, 153 (Bela Vista)

Nossa Agenda